Make your own free website on Tripod.com

 

O que é "Magia"?

 

Como dizia Aleister Crowley (1875-1947), o famoso e controvertido Mago inglês,
 “Magia é a Ciência e a Arte de provocar mudanças de acordo com a Vontade".
Portanto, Magia é a ciência e a arte de provocar mudanças,  que
ocorrem em conformidade com a vontade.
E essas mudanças, ocorrem aonde, em que Esfera ou Plano?
Segundo o mesmo Aleister Crowley, elas ocorrem no mundo material,  portanto,
 no plano físico. Segundo Dion Fortune, uma das mais conhecidas ocultistas
britânicas deste século, porém, essas mudanças ocorrem na
 consciência individual do Mago.
De qualquer corrente que abracemos, temos três coisas distintas
 e de suma importância:
1) não importa qual definição usada para "Magia", o resultado
 real é o mesmo;
 
2) o resultado obtido é de aparente mudança no mundo material, pouco
 importando se a mudança ocorreu no mundo material ou
 somente na psique do operador;
 
3) Magia funciona.
 
Para se ter uma idéia mais ampla do que exprime a palavra "Magia", devemos separá-la
da feitiçaria ou bruxaria. E como fazê-lo?
Simples. Na feitiçaria/bruxaria, não se compreende a forma de operação dos Elementos da natureza,
não se busca desenvolver adequadamente e de forma equilibrada o conjunto de qualidades
herméticas do homem (e da mulher), além do que se busca nos
elementos materiais mais densos pedras, folhas, fogo material, etc.)
 a essência dos Elementos dos quais emanam.
 Quer dizer, usa-se uma fogueira para atrair a energia do Elemento Fogo,
 e assim por diante.
 
Para termos a Magia bem definida, deveremos compreender que a mesma não se divide
simplesmente em "branca" ou "negra",  egoísta ou altruísta, e outras definições
de cunho moral: divide-se, isto sim, em
DOGMÁTICA e PRAGMÁTICA.
 
DOGMÁTICA é a forma de Magia que faz uso de símbolos alheios aos  pessoais, simbologia
 essa díspar daquela pertencente ao sub-consciente do operador.
É a forma de Magia ensinada nas obras tradicionais do assunto,
 e nas Escolas idem.
 
PRAGMÁTICA é a que faz uso apenas dos símbolos pessoais, do fator de ressurgência atávica,
 do simbolismo presente no sub-consciente
do operador.
 
Muitas Escolas de Magia têm-se mantido no sistema Dogmático, enquanto as mais modernas buscam no
sistema Pragmático uma saída inteligente.
 Entre estas, podemos citar os seguidores dos Mestres FRANZ BARDON,
 PASCAL BEVERLY RANDOLPH, AUSTIN OSMAN SPARE e ALEISTER CROWLEY.
 Entre os seguidores de Aleister Crowley, que se auto-denominam "THELEMITAS" ou seguidores de
Thélema (Verdade), há os que não  entenderam bem seus ensinamentos,
criando sistemas Dogmáticos.
 Há, porém, os que seguem de forma inteligente seus ensinamentos pois ser Thelemita é ter sua
própria "religião", seu próprio Deus, posto que Aleister Crowley dizia
"não existe Deus senão o homem".
 Entre os mais brilhantes seguidores dos citados Mestres acima,  destaco um grupo que se denomina
 "Círculo do Caos" ou I.O.T. (Illuminates of Thanateros, Iluminados de Thanateros),
 fundado pelo meu amigo Peter James Carroll, com a colaboração
 de outras cabeças especiais como Isaac Bonewitz, Adrian Savage, Frater U.: D.:,
entre tantos outros.
Creio firmemente que a Magia Pragmática permitirá o resgate completo da
"Ciência Sagrada".
 
                                     J.R.R.ABRAHÃO

 

Curso de Magia